Conversões

O número de pessoas que se convertem ao judaísmo cresce dramaticamente a cada ano. Estima-se que cerca de 10 mil pessoas se convertem anualmente nos Estados Unidos pelo movimento reformista. Muitos rabinos e dirigentes do movimento consideram que abrir as portas para os chamados “judeus por opção”, principalmente nestes tempos em que o movimento reformista vem reincorporando os elementos tradicionais da religião, pode resultar em um balanço positivo, ao estimular as famílias que recebem o judeu por opção a encontrarem no judaísmo o fundamento para uma vida judaica plena de sentido espiritual e comunitário.

As conversões nesse movimento em geral são reconhecidas pelos demais movimentos não-ortodoxos — no caso do movimento conservador, desde que se cumpram as leis haláchicas relativas à conversão segundo os parâmetros deste movimento — e pelo Estado de Israel para efeitos de Aliá, a Lei do Retorno.