O Sidur Conservador

Em 1998 foi publicada nos Estados Unidos a nova edição do sidur conservador Sim Shalom. Uma das características é a grande atenção dispensada à questão da importância da mulher na tradição judaica.

Entre diversas mudanças, a principal foi a adição de uma versão alternativa da Amidá, a oração central da liturgia judaica. No texto tradicional, o primeiro parágrafo se refere ao Deus dos patriarcas Abrahão, Isaac e Jacob. A versão alternativa inclui, ao lado dos patriarcas, os nomes das matriarcas Sara, Rebeca, Rachel e Lea. O mesmo se pode verificar no sidur conservador editado em Israel, Vaani Tefilati.

Ao lado das inovações, foram mantidos textos e orações com uma abordagem mais tradicional em relação ao papel da mulher como, por exemplo, o poema para a noite de Shabat Eshet Chail, sobre “a mulher virtuosa”. O movimento também publicou em 2003 o sidur Or Hadash, que traz o texto do sidur Sim Shalom comentado e explicado desde uma perspectiva conservadora.