Conversões

No caso de conversão, os rabinos conservadores exigem que um candidato do sexo masculino faça o brit milá (circuncisão ritual); no caso do indivíduo já ser circuncidado, deve-se realizar uma cerimônia de hatafát dám para se retirar uma gota de sangue do pênis, “completando” então o brit milá. Além disso, deve-se realizar a tevilá, ou seja, o ritual de imersão em um local de água corrente (na maioria das sinagogas há uma micve, uma espécie de piscina alimentada por água das chuvas, especialmente preparada para este fim) e o comparecimento perante um bet din, uma corte religiosa. As candidatas também devem passar pelo mesmo ritual de imersão e comparecer perante o bet din. Em geral os rabinos conservadores reconhecem as conversões feitas por rabinos de outros movimentos desde que as exigências haláchicas (segundo as leis judaicas) tenham sido cumpridas.

As conversões nesse movimento são reconhecidas pelos demais movimentos não-ortodoxos e pelo Estado de Israel para efeitos de Aliá, a Lei do Retorno.