Empregabilidade

 

 

No final de década de 1980, a CIP e a Fisesp decidiram consolidar as ações da comunidade que tinham por objetivo ajudar no encontro de oportunidades de trabalho. Assim foi criada a Central de Orientação ao Trabalho na CIP. As questões de empregabilidade são um desafio do mundo contemporâneo e, a fim de fazer nossa parte para minimizá-los, contamos com dois projetos: a Bolsa de Empregos e o Projeto Trabalho Cidadão.

 

 

A Bolsa de Empregos promove a aproximação entre Candidatos e Empregadores no Departamento de Serviço Social da CIP. Com o objetivo de ser um instrumento de apoio tanto para os que buscam trabalho quanto para os que oferecem oportunidades, a equipe técnica atua na orientação de ambos: aos candidatos para que melhor explorem suas competências; aos empregadores na melhor definição dos perfis de vagas. Para tanto são realizados:

• entrevistas de seleção individuais e /ou Dinâmicas de Grupo para avaliação de competências;
• cadastro de cada candidato;
• orientação na elaboração de currículos;
• encaminhamento para oportunidades de trabalho de acordo com perfil;
• manutenção de cadastro atualizado de empregadores parceiros do projeto;
• prospecção de novas vagas.

 

Envie seu currículo para empregos@cip.org.br . No caso de haver vagas de acordo com seu perfil, entraremos em contato.

Ou, caso não haja uma vaga apropriada, seu currículo ficará em nosso cadastro para futuras oportunidades.

 

 

 

Curso de Capacitação Profissional para adultos que tem por objetivo ampliar suas qualificações, com foco em competências profissionais. A CIP, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, oferece quatro cursos ao ano, para trinta participantes em cada. No conteúdo são apresentados temas como por marketing pessoal, networking, empreendedorismo pessoal, projeto de vida, ética e valores, relacionamento pessoal e perfil profissional. Como metodologias são utilizadas aulas expositivas dialogadas com apresentação de conceitos, dinâmicas de grupo, exercícios de vivências, rodas de discussão e estudos de casos. Ministrados, assim, de forma dinâmica os cursos criam uma nova base de formação ao participantes e colaboram para sua efetiva inserção no mercado de trabalho.